Atendimento humano ou de bots?

O atendimento ao cliente é um dos pilares essenciais de qualquer negócio. Um bom atendimento pode criar boas impressões da marca na memória coletiva, auxilia a fidelizar um cliente, cria terreno a boas recomendações e muito mais. Hoje em dia, as pessoas esperam serem atendidas em menos tempo e com informações completas, porém, o formato que é feito esse atendimento pode variar. Então, confira nossas dicas abaixo! Atendimento humanizado Vale ressaltar que, assim como tudo na vida, ambos possuem suas vantagens e desvantagens. O atendimento humanizado é aquele que o cliente fala diretamente com pessoas, seja da equipe de vendas, telemarketing ou um outro representante da empresa. Porém, não é porque a pessoa é atendida por oura que é considerado dentro do atendimento humanizado. Ser cordial e prestativo são requisitos necessários nessa categoria.

Vantagens e desvantagens do atendimento humanizado

São muitas as vantagens que podemos citar como um atendimento personalizado, preencher a necessidade de o cliente ser ouvido e se sentir mais cuidado e com isso maior facilidade em ganhar confiança. Porém, esse modelo de negócio requer um investimento maior por parte das empresas, com treinamento de equipe e um setor encarregado de cuidar das tarefas.

Atendimento por chatbot

É uma forma de atendimento que utiliza a inteligência artificial para sua estratégia, ou seja, o atendimento é feito online e por robôs. Normalmente, o próprio software vai se adaptando e readaptando a referências, perguntas e questões, possuindo uma interface bem complexa. Podem atuar em diversos canais e ganharam muitos adeptos no mercado.

Vantagens e desvantagens do atendimento por chatbots

Uma das vantagens que mais chama a atenção é que, apesar de ter uma interface complexa, o custo de investimento não é alto e a eficiência de uso já está comprovada. Porém, caso o cliente receba uma pergunta nunca feita por um cliente, provavelmente a resposta será “Desculpa, não entendi sua pergunta”. Isso acontece porque os chatbots precisam receber instruções prévias e programas. Uma das desvantagens enfrentadas por esse modelo é proporcionar um atendimento um pouco mais frio para as pessoas.

 

Qual a melhor escolha para seu negócio?

Antes de tudo, você precisa conhecer seu público e responder algumas perguntas específicas do seu negócio: As pessoas possuem um padrão de perguntas ou na grande maioria é personalizada? Seu público utiliza muito os meios digitais ou são pessoas que preferem um contato próximo?

O quanto de orçamento e tempo sua empresa está disposta a investir atendimento ao público?

É muito importante que você responda essas perguntas e descubra o que mais se adequa a seu público e estudar as possibilidades. Há também a oportunidade de testar um atendimento híbrido, e navegar no melhor dos dois mundos e proporcionar tanto um alívio da carga e demanda para o setor de atendimento quando o cliente opta por um atendimento rápido e recorre aos chatbots quanto ao cliente que deseja mais atenção e tem dúvidas específicas.

Agora é sua vez! Conta para gente, como você prefere ser atendido, por pessoas ou máquinas? Você ou um amigo tem alguma história que vale a pena compartilhar? Fala com a gente aqui nos comentários, marque seu amigo e vamos conversar!

 

Veja mais

Fim da senha ?

Sabemos que para protegermos as nossas contas virtuais, geralmente utilizamos senhas de acesso, cujo método é um dos mais tradicionais no contexto atual em que

Read More »

Atendimento humano ou de bots?

O atendimento ao cliente é um dos pilares essenciais de qualquer negócio. Um bom atendimento pode criar boas impressões da marca na memória coletiva, auxilia

Read More »

Relógio de Ponto Físico ou Aplicativo de Registro de Ponto

Sabia que as horas extras foram o assunto mais recorrente no Tribunal Superior do Trabalho em 2020? E o caso não é isolado: em 2019, elas ficaram em 2º lugar no ranking, com um total de 54.730 processos no ano. Já deu para entender a importância de ter um controle adequado de funcionários, né?

Read More »