Categorias
BLOG

Fim da senha ?

Fim da senha ?

Sabemos que para protegermos as nossas contas virtuais, geralmente utilizamos senhas de acesso, cujo método é um dos mais tradicionais no contexto atual em que vivemos.

Sendo assim, entendemos que a maior parte dos processos que envolvem a segurança em nosso dia a dia, são geralmente utilizados por senhas, de forma que seja possível barrar o acesso de terceiros.

Contudo, recentemente a Microsoft anunciou que pretende retirar as senhas dos usuários a partir de 2021, substituindo-as por métodos mais modernos e seguros.

Quer saber mais sobre o assunto? Então, confira o nosso post até o final e saiba mais sobre esses novos modelos de segurança e acesso.

O papel da Microsoft no encerramento de senhas em 2021

Antes de tudo, seguindo a mesma linha de outras empresas altamente tecnológicas, a Microsoft também deseja eliminar a utilização de senhas pelos usuários ainda neste ano. Sendo assim, a empresa tem buscado inserir métodos e tecnologias alternativas para realizar a autenticação

Por esse motivo, de acordo com a própria empresa, a ideia é tornar o acesso prático e rápido, sem a necessidade de passwords, e de forma que seja uma realidade para todos os clientes em 2021. Assim, a ideia é que os processos de autenticação sejam rápidos, práticos e acessíveis para todos os usuários.

Em um comunicado realizado em seu site oficial, o vice-presidente corporativo do programa Microsoft Identify, Alex Simons, mencionou o seguinte:

Antes de tudo, sabemos que as senhas tradicionais podem ser incômodas quando são utilizadas, e além de tudo, podem oferecer riscos de segurança para organizações e utilizações de várias dimensões, tendo uma média de 1 em cada 250 contas empresariais comprometidas durante todos os meses. De acordo com a Gartner, 20 a 50% de todas as chamadas direcionadas help desk são justamente para que as senhas sejam redefinidas com palavras-passe.”

Além disso, ele ainda finaliza a questão da seguinte forma: “Nossa equipe tem trabalhado arduamente neste ano para nos juntarmos a parceiros estratégicos, e assim, fazer com que as senhas tradicionais virem algo do passado”.

Através da junção da nova UX e APIs para realizar o gerenciamento das chaves de segurança FIDO2, fazendo com que os nossos clientes consigam desenvolver ferramentas e soluções personalizadas, estamos planejando em fazer a criação de um portal de registro convergente no ano de 2021. Assim, todos os usuários irão conseguir gerenciar credenciais sem senhas através do portal my Apps, contribuindo com a segurança da informação”

Mas agora, quando a negatividade de estar associado a imagem do Presidente Trump é maior que os ganhos conseguidos através das suas postagens duvidosas, chegou a hora de banir sua conta.

As redes sociais são empresas privadas e tem o direito de buscar o lucro, entretanto, quando elas servem de plataforma política para uma sociedade inteira, as normas que se aplicam a esse sistema precisam ser mais rígidas, mas também precisam ser do conhecimento de todos.

Conclusão

Embora as senhas ainda estejam predominando em boa parte de nossas contas, podemos pensar que a sua substituição poderá solucionar diversos problemas em nosso dia a dia, especialmente em questões relacionadas à acessibilidade e segurança.

Ter meios mais eficientes de acessar nossas contas sem a necessidade de redefinição de senhas já é um avanço tecnológico eficiente.

Portanto, agora que você já está por dentro das novidades da Microsoft sobre a substituição de senhas por meios mais práticos de acesso, compartilhe esse post ou marque seus amigos nos comentários para que possam estar por dentro dessa nova tendência em um futuro bem próximo.

 

Veja mais

Fim da senha ?

Sabemos que para protegermos as nossas contas virtuais, geralmente utilizamos senhas de acesso, cujo método é um dos mais tradicionais no contexto atual em que

Read More »

Atendimento humano ou de bots?

O atendimento ao cliente é um dos pilares essenciais de qualquer negócio. Um bom atendimento pode criar boas impressões da marca na memória coletiva, auxilia

Read More »

Relógio de Ponto Físico ou Aplicativo de Registro de Ponto

Sabia que as horas extras foram o assunto mais recorrente no Tribunal Superior do Trabalho em 2020? E o caso não é isolado: em 2019, elas ficaram em 2º lugar no ranking, com um total de 54.730 processos no ano. Já deu para entender a importância de ter um controle adequado de funcionários, né?

Read More »
Categorias
BLOG

Atendimento humano ou de bots?

Atendimento humano ou de bots?

O atendimento ao cliente é um dos pilares essenciais de qualquer negócio. Um bom atendimento pode criar boas impressões da marca na memória coletiva, auxilia a fidelizar um cliente, cria terreno a boas recomendações e muito mais. Hoje em dia, as pessoas esperam serem atendidas em menos tempo e com informações completas, porém, o formato que é feito esse atendimento pode variar. Então, confira nossas dicas abaixo! Atendimento humanizado Vale ressaltar que, assim como tudo na vida, ambos possuem suas vantagens e desvantagens. O atendimento humanizado é aquele que o cliente fala diretamente com pessoas, seja da equipe de vendas, telemarketing ou um outro representante da empresa. Porém, não é porque a pessoa é atendida por oura que é considerado dentro do atendimento humanizado. Ser cordial e prestativo são requisitos necessários nessa categoria.

Vantagens e desvantagens do atendimento humanizado

São muitas as vantagens que podemos citar como um atendimento personalizado, preencher a necessidade de o cliente ser ouvido e se sentir mais cuidado e com isso maior facilidade em ganhar confiança. Porém, esse modelo de negócio requer um investimento maior por parte das empresas, com treinamento de equipe e um setor encarregado de cuidar das tarefas.

Atendimento por chatbot

É uma forma de atendimento que utiliza a inteligência artificial para sua estratégia, ou seja, o atendimento é feito online e por robôs. Normalmente, o próprio software vai se adaptando e readaptando a referências, perguntas e questões, possuindo uma interface bem complexa. Podem atuar em diversos canais e ganharam muitos adeptos no mercado.

Vantagens e desvantagens do atendimento por chatbots

Uma das vantagens que mais chama a atenção é que, apesar de ter uma interface complexa, o custo de investimento não é alto e a eficiência de uso já está comprovada. Porém, caso o cliente receba uma pergunta nunca feita por um cliente, provavelmente a resposta será “Desculpa, não entendi sua pergunta”. Isso acontece porque os chatbots precisam receber instruções prévias e programas. Uma das desvantagens enfrentadas por esse modelo é proporcionar um atendimento um pouco mais frio para as pessoas.

 

Qual a melhor escolha para seu negócio?

Antes de tudo, você precisa conhecer seu público e responder algumas perguntas específicas do seu negócio: As pessoas possuem um padrão de perguntas ou na grande maioria é personalizada? Seu público utiliza muito os meios digitais ou são pessoas que preferem um contato próximo?

O quanto de orçamento e tempo sua empresa está disposta a investir atendimento ao público?

É muito importante que você responda essas perguntas e descubra o que mais se adequa a seu público e estudar as possibilidades. Há também a oportunidade de testar um atendimento híbrido, e navegar no melhor dos dois mundos e proporcionar tanto um alívio da carga e demanda para o setor de atendimento quando o cliente opta por um atendimento rápido e recorre aos chatbots quanto ao cliente que deseja mais atenção e tem dúvidas específicas.

Agora é sua vez! Conta para gente, como você prefere ser atendido, por pessoas ou máquinas? Você ou um amigo tem alguma história que vale a pena compartilhar? Fala com a gente aqui nos comentários, marque seu amigo e vamos conversar!

 

Veja mais

Fim da senha ?

Sabemos que para protegermos as nossas contas virtuais, geralmente utilizamos senhas de acesso, cujo método é um dos mais tradicionais no contexto atual em que

Read More »

Atendimento humano ou de bots?

O atendimento ao cliente é um dos pilares essenciais de qualquer negócio. Um bom atendimento pode criar boas impressões da marca na memória coletiva, auxilia

Read More »

Relógio de Ponto Físico ou Aplicativo de Registro de Ponto

Sabia que as horas extras foram o assunto mais recorrente no Tribunal Superior do Trabalho em 2020? E o caso não é isolado: em 2019, elas ficaram em 2º lugar no ranking, com um total de 54.730 processos no ano. Já deu para entender a importância de ter um controle adequado de funcionários, né?

Read More »
Categorias
BLOG

Relógio de Ponto Físico ou Aplicativo de Registro de Ponto

Relógio de Ponto Físico ou Aplicativo de Registro de Ponto

Sabia que as horas extras foram o assunto mais recorrente no Tribunal Superior do Trabalho em 2020? E o caso não é isolado: em 2019, elas ficaram em 2º lugar no ranking, com um total de 54.730 processos no ano. Já deu para entender a importância de ter um controle adequado de funcionários, né?

Segundo o Decreto Lei nº 5.452 do artigo 74 da CLT, é obrigatório registrar os horários de entrada e saída de funcionários em locais de trabalho com, pelo menos, 20 colaboradores. Se sua empresa se encaixa neste perfil, veja como funciona duas das principais formas de controle de ponto de funcionários: o Relógio de Ponto Físico e o Aplicativo de Registro de Ponto!

Relógio de Ponto Físico: como funciona?

L

Os relógios físicos de controle de ponto são aqueles instalados no próprio local de trabalho e podem ser manuais, mecânicos ou eletrônicos.

Os manuais são semelhantes aos cadernos de ponto, que, como vimos no início do artigo, é muito passível de erros e fraudes, além de não serem nada práticos.

relógio de ponto mecânico, por sua vez, exige que os funcionários insiram suas informações sempre que estiverem entrando ou saindo da empresa, o que também pode ser bem trabalhoso e sujeito a falhas humanas — sejam elas propositais ou não.

Já o relógio eletrônico de ponto (REP) é um equipamento que registra a entrada e saída dos funcionários por meio de artifícios como cartão de ponto e biometria. Em geral, a equipe de RH precisa revisar os registros de todos os funcionários ao final do mês, o que também torna a opção suscetível a falhas no momento de exportar os dados.

E o Aplicativo de Registro de Ponto, como é?

Além de manual e eletrônico, o sistema de controle de pontos também pode ser digital — é o caso dos Aplicativos de Registro de Ponto, como o 3Ponto Web.

Este método, além de ser mais prático para o funcionário, também é mais prático para o RH. Afinal, não é preciso esperar o final do mês para fazer a revisão e controle dos colaboradores. Como as informações são todas unificadas num único aplicativo, a equipe pode acompanhar em tempo real os registros de entrada e saída dos funcionários.

Além disso, como não é feito por um equipamento físico, a opção permite um controle mais apurado de funcionários que não trabalham presencialmente naquele local, como nos dias de trabalhos externos ou home-office. Por outro lado, depender dos dispositivos dos próprios funcionários nem sempre é a melhor solução.

O Aplicativo de Registro de Ponto também costuma ser mais econômico: por não englobar custos de equipamentos e suas instalações e manutenções, a opção é geralmente mais vantajosa financeiramente, mesmo que tenha algum custo mensal.

Relógio de Ponto Físico ou Aplicativo de Registro de Ponto: qual a melhor opção?

Como em muitos casos, a melhor opção depende de diversos fatores, como porte da empresa, número de funcionários e orçamento para implementação do sistema.

Mesmo que cada alternativa tenha seus pontos positivos e negativos, os Aplicativos de Registro de Ponto parecem ser mais modernos e vantajosos. O 3Ponto Web, por exemplo, tem escalas ajustáveis e análise de riscos, além de ser flexível para acordar, ter gestão de justificativas, gerar relatórios em PDF e XLS, entre outros recursos que facilitam o dia a dia do RH.

Se você tem um amigo que pode se interessar por este assunto, marque-o aqui nos comentários!

Veja mais

Fim da senha ?

Sabemos que para protegermos as nossas contas virtuais, geralmente utilizamos senhas de acesso, cujo método é um dos mais tradicionais no contexto atual em que

Read More »

Atendimento humano ou de bots?

O atendimento ao cliente é um dos pilares essenciais de qualquer negócio. Um bom atendimento pode criar boas impressões da marca na memória coletiva, auxilia

Read More »

Relógio de Ponto Físico ou Aplicativo de Registro de Ponto

Sabia que as horas extras foram o assunto mais recorrente no Tribunal Superior do Trabalho em 2020? E o caso não é isolado: em 2019, elas ficaram em 2º lugar no ranking, com um total de 54.730 processos no ano. Já deu para entender a importância de ter um controle adequado de funcionários, né?

Read More »
Categorias
BLOG

Vantagens de desenvolver seu próprio software com uma software house

Vantagens de desenvolver seu próprio software com uma software house

Já imaginou conseguir controlar de forma integrada todos os aspectos que você considera importantes para o seu negócio? Contar com esta opção abre as portas para que sua empresa identifique novas oportunidades, pontos fortes e gargalos, propiciando maior crescimento, com riscos reduzidos em médio e longo prazo.

Mas se você já pesquisou por sistemas para gestão de negócios, deve ter notado como muitos produtos dispõem de uma estrutura padronizada, que engessaria a gestão da sua empresa. Saiba que a solução para isso existe, com o desenvolvimento de uma aplicação personalizada para as suas necessidades.

Quer saber mais sobre o tema? Então continue conosco neste artigo e conheça as vantagens de desenvolver seu próprio software com uma software house!

O software se adequa ao seu negócio, não o contrário

Cada negócio opera sobre um modelo diferente, com atividades em um porte e alcance distinto e forças de trabalho munidas de talentos variados. Neste contexto, não existe receita de bolo quando o assunto é desenvolvimento de software empresarial, pois cada empresa tem suas próprias necessidades.

Assim, a aquisição de um sistema pronto significa que a sua organização terá de se adaptar ao modelo e às soluções fornecidas pela plataforma. Já com o apoio de uma software house, o sistema será desenvolvido sob medida para o seu negócio. Dessa forma, a implementação será realizada de forma muito mais simples e rápida, acomodando o modelo operacional que já funciona para a sua empresa.

Controle sobre as funcionalidades e sobre o seu negócio

Uma situação comum em empresas que compram softwares prontos é que muitas funcionalidades ficam sem uso, enquanto outras fazem falta. Isso pode culminar com a necessidade de aquisição e implantação de múltiplos sistemas, consumido recursos e criando empecilhos à integração dos processos. Em última análise, isso se configura como desperdício de dinheiro e tempo, que podem ser preciosos para a sua organização.

Desenvolver um software sob encomenda para o seu negócio garante que cada funcionalidade seja projetada para atender à rotina da sua empresa. Assim, o software não será subutilizado e todos os indicativos e sistemas necessários ao para otimizar o seu negócio estarão operando e impulsionando seus resultados.

Menos tempo investido em treinamento

Para que o software agregue valor ao seu negócio, é indispensável que os colaboradores conheçam cada uma de suas funções e entendam como utilizá-las. Ao desenvolver um software especificamente para o seu negócio, você ganha a oportunidade de criar um fluxo de trabalho que faça sentido para a sua organização e que valorize as qualidades do seu time.

Assim, o sistema se torna muito mais intuitivo e amigável aos usuários, reduzindo o tempo e os custos de aprendizagem sobre a plataforma.

Maior custo-benefício

Ao comparar os custos de desenvolvimento de um software com os de aquisição de um sistema pronto, muitos gestores acreditam que é mais vantajoso optar pela solução pronta. No entanto, como você pôde ver ao longo deste artigo, há diversos processos e detalhes na seleção e utilização de um software que fazem com que a opção pelo desenvolvimento personalizado torne-se muito mais atraente.

Desta forma, ao se contabilizar todos os recursos investidos em pesquisa, seleção, treinamento e uso de um software pronto versus a criação de um sistema próprio, bem como o potencial de otimização que cada um deles pode oferecer à sua empresa, fica claro que desenvolver seu próprio software é uma opção de custo-benefício muito maior em médio e longo prazo.

Este conteúdo foi interessante para você? Então marque um amigo nos comentários para que ele também possa conhecer as vantagens do software próprio!

 

Veja mais

Fim da senha ?

Sabemos que para protegermos as nossas contas virtuais, geralmente utilizamos senhas de acesso, cujo método é um dos mais tradicionais no contexto atual em que

Read More »

Atendimento humano ou de bots?

O atendimento ao cliente é um dos pilares essenciais de qualquer negócio. Um bom atendimento pode criar boas impressões da marca na memória coletiva, auxilia

Read More »

Relógio de Ponto Físico ou Aplicativo de Registro de Ponto

Sabia que as horas extras foram o assunto mais recorrente no Tribunal Superior do Trabalho em 2020? E o caso não é isolado: em 2019, elas ficaram em 2º lugar no ranking, com um total de 54.730 processos no ano. Já deu para entender a importância de ter um controle adequado de funcionários, né?

Read More »
Categorias
BLOG

O que é BIG DATA ?

O que é BIG DATA ?

Ter um aplicativo não é algo que precisa ser encarado como tendência e obrigatoriedade, mas sim, como um sistema que tende a entregar alguma solução efetiva aos seus clientes ou para alçar novos voos da sua empresa.


O primeiro passo para se ter um aplicativo é a relevância dele para o usuário, ninguém vai instalar um app no celular se ele não for útil de alguma forma, por isso, é importante que seja feito esse estudo.

Além disso, não são todas as empresas que oferecem soluções que demandam um app e, por conta disso, é recomendado um sistema de gestão interna ou até mesmo um site de qualidade.

webadmin

Você provavelmente já ouviu falar em Big Data. O termo, que tem ganhado a cada dia mais

relevância, extrapolou os domínios da Tecnologia da Informação e ganhou destaque em matérias de revista e jornal.

 

Tudo isso porque a capacidade de operar com grandes volumes de dados se

tornou imprescindível para negócios e organizações de todos os setores.

 

Mas então, será que se alguém te perguntar, você sabe dizer o que é esse tal de Big Data? Não? Sem problemas. Neste artigo que preparamos especialmente sobre o assunto você vai entender de uma vez por todas o que é isso e tirar as principais dúvidas relacionadas ao mercado de trabalho na área.

 

Continue conosco e veja a seguir o que é Big Data!

 

Pense em dados. Muitos dados.

Você já ouviu falar que nos últimos cinco anos a humanidade gerou cerca de 90% de toda a

informação da história? Pois é, isso não é mentira. Mas você compreende o que isso significa?

 

Este dado implica em uma capacidade de criar e armazenar um volume enorme de dados em uma velocidade também muito grande. E que dados serão esses? Todo tipo de dado.

Curiosidades na Internet, relatórios governamentais, informações de organizações privadas, etc.

 

E quando falamos em Big Data, estamos nos referindo particularmente a esta última categoria que citamos: informações geradas por empresas. De acordo com a BSA – The Software Alliance

(representante de grandes empresas de software de todo o mundo) todos os dias são criados

aproximadamente 2,5 quintilhões de bytes de informação. Isso é o Big Data.

 

Biga Data: e daí?

 

Lembra que anteriormente nós falamos da quantidade, da velocidade e dos tipos de dados

gerados? Esses são os três Vs do Big Data: Volume, Variedade, Velocidade.

 

Agora pense, se uma informação é gerada, há um objetivo para isso. Por isso, ela precisa ser

devidamente processada e analisada, certo?

 

Mas se tantas informações, de tantos tipos, são geradas tão rápido, todos os dias, como priorizar, segmentar e analisar todas estas informações de forma que elas não se percam nem tenham sua relevância reduzida? De modo que elas realmente agreguem valor para as empresas que as criaram?

 

É aí que entra o cientista de dados. Este profissional é indispensável para fazer o tratamento do Big Data.

 

Como ser um profissional reconhecido em Big Data?

 

Para obter reconhecimento neste ramo, como cientista da informação, você precisa de

algumas habilidades básicas.

 

Em primeiro lugar, é necessário ter uma boa capacidade de raciocínio objetivo para

acompanhar as necessidades dos seus clientes. Cabe a você decidir quais informações ignorar

ou valorizar, de acordo estritamente com os objetivos e protocolos da empresa.

 

Também é indispensável ter conhecimentos matemáticos, além de programação e

tecnologias, uma vez que será necessário lidar com muitos códigos em diferentes linguagens,

além de sistemas de armazenamento de informações, como computação em nuvem.

 

Por fim, conhecimentos em engenharia de redes e uma boa capacidade de avaliar riscos,

realizar simulações e solucionar problemas é indispensável, uma vez que os dados com que

você vai trabalhar são muito valiosos para a organização.

 

Com essas habilidades bem sedimentadas, é possível ser um profissional bem reconhecido na área de Big Data.

 

Leia mais também sobre  a importância de aplicativos para a sua empresa.

Conheça nosso aplicativo de controle de ponto, 3PontoWeb.

Veja mais

Fim da senha ?

Sabemos que para protegermos as nossas contas virtuais, geralmente utilizamos senhas de acesso, cujo método é um dos mais tradicionais no contexto atual em que vivemos. Sendo assim, entendemos que...

Detalhes

Atendimento humano ou de bots?

O atendimento ao cliente é um dos pilares essenciais de qualquer negócio. Um bom atendimento pode criar boas impressões da marca na memória coletiva, auxilia a fidelizar um cliente, cria...

Detalhes
Categorias
CASES

iCrop Irrigação e iCrop Station

webadmin

iCrop Irrigação e iCrop Station

//Sobre este job

Software voltado para o mundo Agro. Desenvolvido para coletar dados de estações climáticas e auxiliar fazendeiros na tomada de decisão.

//Tecnologias Usadas

//Banco de Dados

//FrontEND

//Backend

//Gostou do que viu?

Gostou dos nossos projetos?

Veja mais

Categorias
CASES

SGA Web – Sistema de Gestão de Arquivos

webadmin

SGA Web – Sistema de Gestão de Arquivos

//Sobre este job

Projeto desenvolvido para prefeituras do estado do Amazonas realizarem a transmissão dos arquivos de prestação de contas para o estado e união.

//Tecnologias Usadas

//Banco de Dados

//FrontEND

//Backend

//Gostou do que viu?

Gostou dos nossos projetos?

Veja mais

Categorias
CASES

Plataforma de Propostas de Consórcios

webadmin

Plataforma de Propostas de Consórcios

//Sobre este job

Este projeto foi desenvolvido com o intuito de automatizar o processo de geração de proposta de consórcios, evitando assim o erro humano na simulação dos cálculos e escalando o volume de propostas geradas pela empresa.

//Tecnologias Usadas

//Banco de Dados

//FrontEND

//Backend

//Gostou do que viu?

Gostou dos nossos projetos?

Veja mais

Categorias
CASES

Plataforma para Lojas de Câmbio

webadmin

Plataforma para Lojas de Câmbio

//Sobre este job

Esta plataforma foi desenvolvida para realizar cotações de moedas estrangeiras em tempo real e realizar a compra e venda das mesmas, com módulo financeiro, estoque, conciliação financeira e contas a pagar e a receber é um ERP completo para lojas de câmbio.

//Tecnologias Usadas

//Banco de Dados

//Backend

//FrontEND

//Gostou do que viu?

Gostou dos nossos projetos?

Veja mais

Categorias
BLOG

Minha empresa precisa de um App?

Minha empresa precisa de um App?

Ter um aplicativo não é algo que precisa ser encarado como tendência e obrigatoriedade, mas sim, como um sistema que tende a entregar alguma solução efetiva aos seus clientes ou para alçar novos voos da sua empresa.

webadmin

Ter um aplicativo não é algo que precisa ser encarado como tendência e obrigatoriedade, mas sim, como um sistema que tende a entregar alguma solução efetiva aos seus clientes ou para alçar novos voos da sua empresa.


O primeiro passo para se ter um aplicativo é a relevância dele para o usuário, ninguém vai instalar um app no celular se ele não for útil de alguma forma, por isso, é importante que seja feito esse estudo.

Além disso, não são todas as empresas que oferecem soluções que demandam um app e, por conta disso, é recomendado um sistema de gestão interna ou até mesmo um site de qualidade.

Veja mais

Fim da senha ?

Sabemos que para protegermos as nossas contas virtuais, geralmente utilizamos senhas de acesso, cujo método é um dos mais tradicionais no contexto atual em que vivemos. Sendo assim, entendemos que...

Detalhes

Atendimento humano ou de bots?

O atendimento ao cliente é um dos pilares essenciais de qualquer negócio. Um bom atendimento pode criar boas impressões da marca na memória coletiva, auxilia a fidelizar um cliente, cria...

Detalhes